Bolinhas ou Petit-Pois Para o Verão 2011

A moda nunca esteve tão surpreendente como nesse verão. Temos inspiração de vários temas, como o romantismo, lady like, bonequinha de luxo, safari urbano, animal print…e como não poderia faltar: petit-pois! Ou se preferir, bolinhas. As delicadas bolinhas estão no ar desde a década de 50 e nesse verão resolveram dar o ar da graça de forma mais divertida. Você pode usar petit-pois de forma divertida como em uma bolsa, ou estampadas em uma sandália para usar na praia, ou ainda em uma flor de tecido presa no vestido.Quer saber? Não importa a forma como vai usá-la, o que não pode mesmo é ficar fora dessa tendência tão marcante e cheia de personalidade.

Anúncios

Gordinhas nem aí…

Em meus passeios pela internet encontrei essa reportagem chamada Estrelas Plus-size x Ditadura da Beleza, escrita pela jornalista Cler Oliveira para o blog Hit na Rede. Achei maravilhosa e resolvi trazer ao Mundo de Sissi para seu conhecimento.

“A notícia que tomou conta dos principais portais de fofocas do mundo foi a aparição de Beyonce e seus quilinhos a mais. A cantora, um dos maiores ícones pop do mundo, tem sido questionada por colunistas que não se conformam com suas novas formas.”

“Muito antes de Beyonce, Mariah Carey já esteve em seu lugar. Segundo os tablóides, desde que casou , Mimi engordou cerca de 25 quilos.o que  deu início a diversos rumores sobre sua vida pessoal fazendo com que sua forma física chamasse mais atenção do que o seu talento.”

A pergunta é: o talento pode ser medido ou simplesmente qualificado pela forma física?

Não é necessário ser gênio da lâmpada para entender o quanto é difícil fazer com que o talento supere a ditadura dos padrões de beleza. Para quem vive da mídia, um inferno. Alanis Morrisette, mesmo quando não tinha mais nada para provar a ninguém, quando ganhou alguns quilos a mais, passou por um verdadeiro calvário.

Contra essa ditadura, muitos artistas já tentaram usar a sua arte para chamar atenção sobre o preconceito contra pessoas acima do peso. Um exemplo disso é Beautiful Girl, do INXS. A música teve como inspiração o nascimento da filha de Andrew Ferriss, membro da banda, mas a letra e o vídeo foram utilizadas em uma campanha americana de combate à anorexia.

No Brasil, Ivete Sangalo após o nascimento Marcelo, seu primeiro filho, se viu às voltas de comentários sobre sua aparência. No caso dela, mesmo os quilos a mais sendo por uma boa causa, muitos não perdoaram. Ivete conseguiu, com muito bom humor, dar de ombros às criticas e seguir sua carreira.

O caso de Ivete afetou diretamente suas apresentações que, desde o nascimento do filho, parecem ter perdido o folêgo. Mas, quem se importa? Considerada uma das maiores cantoras brasileiras da atualidade, a baiana sabe que seu talento não se resume apenas as espuletagens no palco.

Há aquelas que vivem muito bem com seus quilos a mais. Afirmam sua postura e desse limão fazem um delicioso mousse de limão. Impossivel imaginá-las dentro de um jeans 36. Mas seria possível, baseado na afirmação de Alanis, elas serem mais famosas caso fossem magras?

Amber Riley

Ela representa! Um dos destaques do elenco da série Glee, a intérprete de Mercedez Jones com muito talento aos poucos foi conquistando e emocionando o público. Seu currículo antes de Glee se resume na informação de que na adolescência fez um teste para American Idol, mas foi rejeitada pelos produtores. Com a superexposição que obteve na série, todos puderam enfim ver do que ela é capaz.

Uma das cenas mais bonitas protagonizadas por Amber na primeira temporada da série é a que ela interpreta “Beautiful”, de Christina Aguilera, no qual ela resolve assumir suas formas sem a vergonha de ser como é. E quer saber? Ela é beautiful.

Gabourey Sidibe

A atriz de nome esquisito é uma das estrelas do ano de 2010. Assim como Amber, suas experiências antes da fama era uma folha de papel em branco. Na pele de Precious Jones, Gabourney foi indicada a diversos prêmios. Todos merecidos. Seu papel tratava de uma menina negra e discriminada por vários fatores, entre eles, por sua aparência.

É possível mudar isso?

A publicidade tenta, mas ainda há uma certa resistência. Quer um exemplo? Lojas de departamento. A sessão de lingerie da Renner é linda e, aqui em Novo Hamburgo, grande. Enche os olhos quando você, gordinha, vê de longe. As roupas formam na frente do seu olho o ‘efeito líder de torcida’. Cores, flores e rendas… mas para aquelas que usam números menores do que eu uso. Quando se chega mais perto, vê-se o caos. Para entender melhor, desenhei com o auxílio da minha câmera de celular.

Lindas peças.. para meninas magras.

Mas se você é gordinha e precisa de TAMANHOS ESPECIAIS (só a placa já te faz se arrepender de ter nascido) a coisa muda de figura… ou melhor, não tem figura. Assim como não tem renda, não tem tope, não tem nada.

Você precisa ser criativa quando se é gorda.” (Betty Ditto)

Mulheres Plus-size são tendência. Quem perde tempo tentando mudar o corpo das mulheres normais deixa de abocanhar essa fatia de mercado das mulheres que não se abalam por não pertencer ao seleto grupo das calças trinta e poucos.  Cansada de passar pelo que passo toda vez que decido comprar uma roupa, a polêmica vocalista do Gossip, Betty Ditto, assinou uma coleção super fashion para as “gordinhas nem aí”, que admiram seu estilo e querem andar na moda. O resultado é autêntico e bastante interessante.

A cantora e atriz Queen Latifah usou todo o seu potencial para apoiar as mulheres GG por meio da Curvation Nation, uma comunidade voltada para mulheres acima do peso. Seu empenho em encorajar as mulheres, inspirou a moda plus size o que resultou em diversos modelos lindos e confortáveis.

Além disso, a diva plus-size tem sua própria coleção de cosméticos pela Cover Girl, para a qual faz comerciais mostrando o quanto valoriza sua beleza.

E você? Deixaria de ser fã de álguém por essa pessoa estar acima do peso?

http://dhtt.us/DRHc